Cadê a Pipoca ?! Orange is the new Black

em 21/07/2014
Olá pessoal, hoje a colunista Bruna Ibiapina ~~Leitoinha~~ resolveu mostrar serviço ~~mentira ela trabalha atras das câmeras~~ e veio falar sobre  Orange Is the New Black.


Sinopse: A série se desenvolve ao redor da história de Piper Chapman, que mora em Nova York e é sentenciada a cumprir 15 meses numa prisão feminina federal por ter participado do transporte de uma mala de dinheiro proveniente do tráfico de drogas em favor para sua ex-namorada, Alex Vause , que é peça importante num cartel internacional de drogas. O delito ocorreu dez anos antes do início da série e, no decorrer desse período, Piper seguiu sua vida tranquila entre a classe média-alta de New York, ficando noiva de Larry Bloom. Quando presa, Piper reencontra Alex (que menciona Piper em seu julgamento, causando sua prisão): elas reanalisam seu relacionamento e lidam com suas companheiras de prisão. Ao final da segunda temporada, resta a Piper o cumprimento de 8 meses de sua sentença.


Eu estou no 8º episódio da primeira temporada, foge completamente das séries que sou acostumada assistir, gênero drama, é uma série mais próxima da realidade. Eu tomei um susto no primeiro episódio porque imaginei que seria algo contando ou narrando como a Piper foi para na penitenciária e não no primeiro episódio já mostra um diálogo dela com a Polly melhor amiga onde ela fala "nossa não acredito que você vai para prisão amanhã". Foi aquela coisa, nossa já? Mas no decorrer dos episódios vai contando toda a história que a levou parar ali. 

  Não só a dela mas das outras detentas também, o que me deixa muito curiosa porque todo mundo tem uma história "antes" da prisão e é contada em formas de flash back. A série acredito eu tenta reproduzir o mais fielmente possível como é a vida dentro da penitenciária. Ah e eles não economizaram nos palavrões. É uma série muito interessante, vale muito a pena assistir. Se alguém assisti deixa um comentário fala se você gostou ou não porque. Quero saber de vocês , deixem sugestões de seriados preciso aproveitar minhas ferias. 

Beijos até mais

Vale Top Comentarista, regras e formulário na lateral do blog

Minha Opinião: Sonho Perigoso

em 19/07/2014
Título Original: Dangerous Dreams
Autoras: Margaret Stohrl and Kami Garcia
Páginas: 83
Editora Galera - Cortesia 
Classificação: 4/5

Falar de Sonho Perigoso e não mencionar toda a Saga Beatiful Creatures, ou seja 16,17,18 e 19 Luas, seria uma total falta respeito de minha parte. Beatiful Creatures por sua vez, já teve um fim. Sonho Perigoso por sua vez, é uma especie de ponte para uma nova trama ambientada no mesmo cenário de Beatiful Creatures, mas desta vez deixando de lado o casal que já estamos acostumados a seguir o Ethan e a Lena,  e dando enfase á um casal que sinceramente merecem essa devida atenção das autoras. Ridley e Link, já me surpreenderam desde Beatiful Creatures, aquele romance o tanto contraditório e ansioso se comparado ao de Lena e Ethan e muitas vezes engraçado, fazia muitas vezes as partes mais impactantes e densas da série anterior ter um ponto a mais positivo á seu favor, se comparada a outras séries do mesmo gênero da atualidade.
O resto de nós  tinha de fazer o próprio destino. Eu e Lena sabíamos disso melhor do que ninguém. Ridley e Link ainda tinham que aprender do jeito mais difícil. Acho que é mais ou menos aí que essa história começa. Página: 20
Ao iniciar Sonho Perigoso, percebemos o quando o livro será uma leitura rápida, por se tratar de um livro introdutório. Como eu disse a escrita estar mais rápida, sem muitos detalhes, mas nem por isso deixa de ser bem escrita. Temos uma rápida narração do Ethan, tão rápida que queria mais... Mas a mesma cheia de um sentimento nostálgico. Ethan menciona boa parte dos eventos que se sucederam em sua pacata vida,  que muda totalmente ao conhecer Lena. Lena, a garota  que ama de uma forma única e sincera, a garota odiada por boa parte das população de sua cidade por ser sobrinha do misterioso e temido Macon Ravenwood,  e descobrir que Gatlin não é uma cidade tão pacata assim... Entrando de cabeça nesse mundo conjurador, descobrindo coisas sobre si mesmo e demais pessoas á sua volta.
Nada era fácil com ela. Nada era o que parecia ser à primeira vista. Era isso que Link normalmente gostava nela. Rid arrancaria seus olhos, e em seguida, choraria sobre as marcas dos arranhões. Página:24
Nas páginas seguintes nos vemos conhecendo um Link, mais apaixonado por Ridley. Não que ele não a amasse desde o começo, mas agora ele se ver ao ponto de dizer que a ama, e perceber que a palavra dita não surti o verdadeiro efeito que ele pretendia surtir em Ridley, ao menos no momento.
Ridley, diante daquela demonstração de Link, resolve passar um tempo longe de tudo. Na verdade de Link, e do sentimento que sente por ele...  A sirena das trevas espera assim esquecer um sentimento como esse, ao seu ponto de vista tão babaca e humano de sentir. Entre viagens a lugares habitados por Incubus, Conjurados da luz e das trevas é certo que a garota se meteria em encrencas, mas Ridley percebe que talvez a encrenca não seja tão fácil de ser resolvida como as anteriores... Percebe que talvez tenha feito uma escolha totalmente equivocada.
É assim que funciona um conto de fadas conjurador. O que posso fazer? A vingança é cruel. Mas a questão é: Eu também sou. Página:83
As páginas passam rapidamente, o livro se tornou agradável, mas queria mais páginas, mesmo sabendo que o mesmo é apenas um conto introdutório para a nova trama envolvendo Link, Ridley e esse mundo conhecido mas com novos elementos... Se gostei de Sonho Perigoso?, Sim, mas confesso que o egoísmo de Ridley em certos momentos me irritou, mas ao mesmo tempo de uma forma geral o livro me surpreendeu e me instigou a querer ler Dangerous Creatures, título desta nova série. O ambiente foi algo que não sofreu alterações, e agradeço por isso. Kami Garcia e Margaret Stohl, mais uma vez provam que á cada livro lido delas elas só fazem surpreender mais e mais o leitor e tornar a história muito mais desenvolvida, o que me faz esperar ansioso por essa nova série. 

Vale Top Comentarista, regras e formulário na lateral do blog!

Minha Opinião: O Para Sempre de Ella e Micha #EuSouDoideira

em 17/07/2014
E a Maratona #EuSouDoideira 2 acabou e eu não conclui mais um vez. Dessa vez foi 5 livros em 15 dias e eu só finalizei 3. E As próximas resenhas serão delas :)

Título Original: The forever of Ella and Micha
Páginas: 334
Autora: Jessica Sorensen
Editora Geração Editorial - cortesia
Livro #2
Classificação: 3/5


Ella e Micha estão juntos \o/. Ella está na faculdade e Micha cai na estrada com sua banda de rock. Tudo parece bem entre o casal, mas será que vai durar? 
Coisas começam a assombrar Ella e o medo de ser abandonado outra vez persegue Micha. Tudo o que já passaram será suficiente para manter a relação?

Não é segredo pra ninguém, para quem conhece e acompanhar as besteiras que falo no twitter sabe que não gostei tanto assim do primeiro livro e deixei claro, que a história não merecia continuação, mas a autora fez e recebi o livro em parceria com a editora e porque não ler, não é? Dá que coisa melhora. Mas tai não melhorou, continuou na mesma.

O livro nada mais é do que uma Ella surtada, com  autoestima lá no pé e um Micha bobão, apaixonado e com falta de amor próprio, porque olha se fosse eu já teria dado um pé na bunda da Ella.

E ainda pra ajudar tem o problema familiar de Ella, que faz com ela visite sua Terapeuta quase todos os dias. Ella não quer abandonar o passado, tem medo do que possa acontecer, mas para Ella e Micha ficar juntos, ela precisa esquecer o passado e a mesma não entende.

E o livro é basicamente isso, encontros e desencontros de Ella e Micha, noites quentes desnecessárias e regadas a álcool. Isso me irritou profundamente, uma porque a autora abusou do álcool e eu por ter um familiar com problema com álcool, achei desnecessário, acho que não precisa disso para fazer e dizer coisas. Também achei  as cenas “hots” desnecessárias, porque pareceu que os dois só se entendiam se transassem. Cadê a confiança? Que relacionamento é esse?


Tá, mas não é só coisa ruim que vim falar do livro, o livro me divertiu, foi uma leitura até que agradável, Micha é um cavalheiro, mesmo quase entrando em coma alcoólico, ele dá uma luz diferente à historia. É um livro com uma leitura fluida e que no final, mesmo com toda a minha reclamação a autora conseguiu me prender e pedir a continuação.

-O importante não é se sentir bem com tudo o que fazemos, mas como nos sentimos no final, quando olhamos para trás e vemos tudo o que fizemos.

Como li o livro na Maratona #EuSouDoideira e tinha que escolher uma música como trilha sonora do livro. E quem conhece o livro sabe que tanto o primeiro volume, quanto esse, é citadas várias músicas, então escolhi uma entre as citadas e a trilha sonora de O Para Sempre de Ella e Micha é:


Vale Top Comentarista, regras e formulário na lateral do blog

Minha Opinião: Os Três

em 14/07/2014
Título Original: The Three
Autora: Sarah Lotz
Páginas: 393
Editora Arqueiro - cortesia
Classificação: 4/5
Compare&Compre || Skoob


Quatro aviões caem, em cada canto do mundo. Desses quatro aviões, quatro sobreviventes, três são crianças. Elas saem dos destroços aparentemente bem, mas algo diz que a vida delas e as de quem convivem com elas não será a mesa.

O que dizer de um livro que mexeu comigo emocionalmente e psicologicamente? Os Três foi tudo aquilo que imaginei e mais um pouco, um livro escrito de forma diferente, que me fez ter medo e querer enrolar na leitura para o mesmo não acabar.

É um livro maravilhoso, instigante, que faz você se perguntar se tudo aquilo que esta acontecendo é verdade ou é tudo criação da cabeça de quem presenciou a Quinta-Feira Negra.

O livro é narrado através de relatos sobre as vitimas, sobreviventes e sobre os familiares, ou seja, tudo aquilo que esta relacionando ao acidente, para tentar desvendar o que e como aconteceu. Quem junta as informações é Elspeth, uma jornalista, ela esta escrevendo um livro sobre o acidente. Creio que essa ideia da autora em fazer o livro em forma de pesquisa, depoimentos, nada mas é do que fazer com o leitor de algum modo entrasse de corpo e alta na historia e ficasse atento a todas as informações e que junto tentasse desvendar o tal mistério junto e não deu outra, eu cai na teia.

É um livro denso, no qual li com total calma e atenção. Por vezes se tornou cansativo e confuso, mas nada me tirou daquele mistério, para qual Sarah me levou. O livro explora vários temas: Invasão alienígena, fanatismo religioso, teorias conspiratórias e etc... Levanta várias hipóteses, do qual é extremamente difícil saber qual é a certa. Foi onde a autora acabou pecando, não deu um final, quem faz o final é o leitor, ele escolhe em qual tema/teoria acreditar.

Os Três é um livro maravilhoso, onde não agradara a todos, mas que todos devem ler e tirar suas próprias conclusões. 

Quote
-Você sabe por que devemos tirar os sapatos antes de morrer?
-Não.
-Para não levar rastros de lama para a outra vida. Por isso existem tantos fantasmas sem pés. 

Vale Top Comentarista, regras e formulário na lateral do blog

Nossa Opinião: Um caso perdido (Hopeless)

em 12/07/2014

Título Original: Hopeless
Páginas: 383
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record - cortesia
Livro #1
Compare & Compre || Skoob

A verdade pode libertá-la. Ou simplesmente trucidá-la.
Dois jovens com um passado devastador. Um amor capaz de guiá-los numa jornada de descobertas...Sobre vida, amor, confiança e, acima de tudo, o poder da verdade.
Aos 18 anos Sky cataloga garotos como sabores de sorvete. Mas nenhum a empolga. Aliás o que ela gostaria mesmo e de experimentar é o ensino médio. Karen a mãe adotiva libera para frequentar o último ano na escola, mesmo que sua melhor amiga tenha resolvido fazer intercâmbio. Porém o sentimento de medo e de atração surge quando Sky conhece Dean Holder cuja sua reputação não é das melhores, ela tenta manter distância, será que todo o comportamento do Holder terá uma explicação?

Opinião da Line:
Um livro incrível,  no caso de ter que definir uma palavra para esse livro seria "intenso" garanto que a sinopse não consegue definir a metade da capacidade que essa estória pode surpreender você; foi o primeiro contato que tive que a autora (lembrando que entre seus títulos estão Métrica e Pausa), fiquei apaixonada pela escrita da autora, comecei a leitura achando que o livro seria voltado para um romance cheio de dificuldades e nada mais, talvez só mais um cara problemático (totalmente errada); um New adult (recomendado para maiores de 16 anos) cheio de reviravoltas, traumas, descobertas, e superação. A autora toma um rumo totalmente diferente do que você espera, e isso é sensacional.
O livro é narrado em primeira pessoa pela Sky; a autora  desenvolveu personagens incríveis, por mais que a química entre os personagens acontece de cara a autora conseguiu construir o relacionamento do casal sem parecer nada forçado , os diálogos são perfeitos, o humor que Sky e Holder consegue desenvolver em momentos difíceis são ótimos.
A autora tem o dom de brincar com as palavras é uma das suas tiradas que achei mais sensacional e o título Hopeless (em inglês) no meio da estória descobrimos que o título tem duplo sentido, isso mostra a dedicação e a atenção da autora em cada detalhe. 
O outro ponto positivo com certeza foi a tradução, parabéns para editora.
Existe uma "continuação" que não é bem uma continuação e sim a mesma estória contada pela visão do Holder Losing Hope,  e é claro que pela minha opinião ficou bem clara que desejo muito que este livro seja lançado aqui no Brasil. 
Ficou muito explícito que o livro na minha opinião é um 5 estrelas/favorito é até o momento um dos melhores livros que li no ano de 2014. 
Classificação: 5/5

Opinião da Brubs: 
Esse é o meu primeiro contato com a autora, não li Métrica e nem Pausa e estava com um pé atrás com esse livro e ao iniciar a leitura percebi o quanto eu iria gostar do livro e não deu outra.
Um caso perdido, nos faz devorar as páginas de um jeito surpreendente,  tentamos entender o fato de porque a mãe de Sky é contra o uso de aparelhos eletrônicos e a protege tanto.  Com o andar a leitura logo da pra perceber o porque, não precisou de tantas informações para desvendar o final do livro, mas mesmo sabendo o desfecho do livro não consegui diminuir a vontade de ler o livro, o entrosamento de Sky e Holder é encantador, é tão amor os dois juntos, me identifiquei muito com eles, eles pensam como eu, falam palavrões como eu é a primeira vez que isso acontece ao ler um livro, então, tudo o que Sky e Holder passou no decorrer do livro eu sentia na pele, por vezes sorri e chorei com eles.
O desfecho do livro foi um dos pontos mais alto do livro, eu pensei que Sky faria algo completamente diferente e na verdade a autora fez outro caminho, no qual foi um tapa na minha cara, maldito orgulho e com esse final me encantou mais ainda.
O única ressalva é que é uma série e o desfecho do livro foi tão completo, que não sei o porque terá continuação, mas com terá já estou curiosa para saber o que a autora preparou.
Um caso perdido é um livro lindo, emocionante, onde demonstra o verdadeiro valor da amizade, do amor materno e do amor *-*
Classificação: 5/5 

A vida não pode ser dividida em capítulos... só em minutos. Os acontecimentos da vida de uma pessoa estão todos aglomerados um minuto após o outro, sem nenhum intervalo de tempo, páginas em branco ou pausas de capítulo, porque não importa o que aconteça, a vida simplesmente continua, segue em frente, as palavras são ditas, e as verdades sempre surgem, quer você queira ou não, e a vida nunca deixa você fazer uma pausa apenas para recuperar a porra do fôlego.
As vezes, precisamos escolher entre um monte de escolhas erradas, sem a possibilidade de nenhuma certa. Você simplesmente tem de decidir pela escolha errada que parece menos errada.
Vale Top Comentarista, formulário e regra, na lateral do blog.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...