Minha Opinião: O livro dos mil dias

em 22/04/2014
Tíulo Original: Book of a Thousand Days
Autor: Shannon Hale
Páginas: 286
Editora Galera Record - cortesia
Classificação: 3/5

Lady Saren recusou o pedido de seu pai, para se casar com o noivo escolhido pela família e por causa disso ela vai ficar sete anos trancada em uma torre. Mas Lady Saren não ficará sozinha, pois sua fiel criada Dashti lhe fará companhia. Passado um tempo,  dois pretendentes de Lady Saren a visita, mas por medo Lady Saren pede para sua criada se passar por ela, o primeiro pretendente lhe da um gato de presente para lhe fazer companhia e o outro não é bem vindo. Ou seja, durante esse anos de solidão Lady Saren só tem como companhia sua criada Dashti e o gato Meu senhor e as páginas de um diário que Daish vem escrevendo.

Olhando para capa do livro, eu pensei que seria um livro bem puxado para contos de fadas e tals e até que tem uma pegada de contos de fadas, sim! A Lady Saren trancada em uma torre a espero de algo... Mas ao ler o livro percebo que não, o livro é mais puxado para uma aventura recheada de crenças.

A autora elaborou muito bem a história, todo os personagens são bem retratados, a escrita nos faz vivenciar a história, mas, por vezes a história cansa, mas o legal é que a autora escreveu o livro em forma de diário, sim, o livro é narrado por Dashti, então a gente se sente e vê pelos os olhos dela, o diário é narrado por dias, então ao mesmo tempo que a leitura cansa, a mesma nos prende por querer saber o que vai acontecer.

Além do livro em partes ser cansativo, outra coisa que me fez tirar uma estrela foi que a autora deixou um ponta solta e quando li eu me perguntei: mas Dashti não é... então ela não podia fazer isso... e vocês vão ter que ler para concordar comigo ou não.


Em suma O livro dos mil dias, é uma leitura agradável e fofa, com uma personagem bem forte e corajosa. Uma  leitura diferente nos livros da realidade e que merece ser lido.

O tempo é um vento que fica soprando m meu rosto e murmurando palavras sem sentido.

Minha opinião: Extraordinário

em 20/04/2014
Antes de tudo quero desejar uma Feliz Páscoa a todos. E muito chocolate pra vocês também :)

Título Original: Wonder
Autora: R. J. Palacio
Páginas: 318
Editora Intrínseca
Classificação: 5/5
Favorito

O livro conta a história de August Pullman, ele nasceu com uma síndrome, da qual deixou uma deformidade facial. Devido essa deformidade, ele nunca frequentou uma escola, porém, seus pais resolveram o matricular em uma. August, ou melhor, Auggie, terá uma grande mudança em sua vida, terá uma missão nada fácil e dará um puta tapa na cara de muitos.

Desde o lançamento desse livro eu me interessei, mas por causa do burburinho, resolvi esperar a poeira baixar e quando me vi preparada para ler, entrei de corpo e alma na história e não me decepcionei. 

Extraordinário contém uma história edificante, que nos faz olhar para nós mesmos. É um livo simples, com momentos comoventes e com grande impacto, pois, transmitir a história de um menino com uma deformidade facial não é fácil, mostrar o quão filha da puta é a sociedade e o enorme preconceito que existe, me fez perceber que o mundo nunca vai melhorar. E o pior de tudo é quando esse preconceito vem das crianças. 

O livro me fez lembrei de duas passagem em minha vida. Primeiro: quando eu estava no prézinho, lembro que na minha sala tinha um menino que era autista, do qual todos os meninos faziam dele gato e sapato, as outras crianças riam e eu e mais duas meninas ficavam no canto só observando, completamente neutras. Segundo: quando eu estava no primário, lembro que tinha uma menina que usava cadeira de rodas e que ninguém na escola falava com ela, menos eu, eu não entendia o porque das crianças não chegarem perto dela, não falarem com ela, vivia atormentando os professores para eles fazerem algo. E por isso ao ler o livro sentia raiva dos alguns personagens, vontade de entrar no livro e bater neles.

Achava que o livro seria somente a narrativa de Auggie, mais não, para minha surpresa, tem o ponto de vista de alguns personagens próximos a Auggie, do qual me fez ter uma visão maior e sentir o drama do Auggie muito mais na pele. 

Se eu chorei? Imagina, somente tive uma crise de choro no meio do trampo, do qual todos pensaram que tinham acontecido algo de sério. ~~vergonha~~ 

Enfim, chega de ficar falando e falando, já deu para perceber eu acho, que amei o livro, que é um livro que irei levar pra vida. Recomendo a todos que leiam e quem já leu releia. E sim a resenha ficou uma merda, mais é difícil expressar o quanto amei o livro.

Se eu encontrasse uma lâmpada mágica e pudesse fazer um desejo, pediria para ter um rosto comum, em que ninguém prestasse atenção. Pediria para poder andar na rua sem que as pessoas me vissem e depois fingissem olhar para outro lado. Sabe o que eu acho? A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma.

Todo mundo que é nascido de Deus vence o mundo.









15 Fatos sobre o novo colunista

em 18/04/2014
Olá, meu nome é Renato. E antes que eu comece a falar como se tivesse fazendo uma apresentação para um trabalho, ou algo do tipo (rsrs). Quero agradecer a confiança que a Brubs veio a depositar em mim, por ter me chamado para ser colunista do blog, e por sua amizade verdadeira. Sim, ela é uma pessoa super gente boa, que eu ainda não conheço pessoalmente, mas anseio por esse dia.

Como eu dei a entender anteriormente, não sei muito bem falar sobre mim. Então resolvi fazer uma tag que várias pessoas já fizeram seja em vídeo, ou como eu vou fazer agora em "modo escrito". A tag é titulada como "25 Fatos sobre mim", vou mudar um pouco o titulo para "15 Fatos sobre o Novo Colunista", mas vai ser basicamente a mesma coisa. Vou mencionar 15 coisas sobre mim... Preparem-se para conhecer uma pessoa super interessante.... Sentiram a ironia? ...


15 Fatos sobre o novo colunista:

1) Descobrir á um bom tempo que podia me expressar bem melhor através das palavras, da escrita. Que podia  usar as palavras e os pensamentos que vem em minha mente em algo escrito, produtivo, como uma expressão.

2) Sou um pouco antissocial. As vezes opto por ficar em casa, pensando sobre a vida, solitário, vejo isso como uma coisa boa, as vezes é bom ter um tempo a sós consigo mesmo. 

3) Gosto de livros, leio desde aventuras a dramas. Não tenho um gênero preferido já que quando pequeno lia só livros com temática "aventura". Mas após ler "Desparecido para Sempre do Harlan Coben", descobri que outros gêneros podem ter o mesmo efeito de uma aventura, claro se for bem escrito. Podendo assim nos levar de fato para viver aquela história, esquecer um pouco durante a leitura o mundo real.

4) Tenho mania de fazer trilhas sonoras para mim mesmo. E via isso como um forte indicio de loucura (rsrs), mas descobri que outras pessoas tem essa mania....

5) Gosto de ouvir o som do mar. De sentir o vento que o mesmo nos proporciona, e por mais calor que meu estado faça agradeço aos céus  por ter um mar por perto.

6) Gosto de fazer mistura com alimentos, isso mesmo. A pior de todas foi feijão com bolacha "Cream Cracker". Eu sei, isso é nojento... 

7) Tenho vários filmes que amo, mas tenho dois  preferidos, são eles "Desventuras em Série" e "Now Is Good",  recomendo muito!

8) Tô aprendendo inglês, e pretendo até o fim do ano começar a ler uma série/saga de livros nesta linguagem.

9) Mesmo não sabendo nada de fotografia, nem tendo uma semi-profissional  tenho vontade de aprender a fotografar, mas apenas por diversão.

10) Eu não sei muito bem o que fazer da minha vida... Pois é no momento tento escolher entre Direito por ser bem remunerado, ou Jornalismo que é o que de fato gosto. É complicado escolher algo para se fazer, já tranquei dois cursos por ver que não era realmente o que queria ou não me identificar.

11) Queria ser criança novamente, ser adulto é chato e problemático. Eu e minha síndrome de Peter Pan...

12) Gosto de ouvir músicas com gênero alternativo, folk, indie, rock... E tenho um amor imenso pela banda Paramore, as letras sempre me fazem pensar "isso foi escrito para mim? , só pode..."

13) Gosto de fazer amizades virtuais, mesmo com algumas decepções virtuais, gosto de conhecer pessoas de outro estado. Ainda não fiz amizade com ninguém fora do país, mas pretendo no futuro.

14) Meu nome é Renato, mas preferia Renan. Foi quase... Mas não sei explicar, acho Renan mais bacana que Renato.

15) As vezes me pego pensando em quem eu seria se eu não fosse eu. Deixo uma pergunta para vocês, isso é normal, só eu penso assim? .

Espero que tenham gostado de me conhecer, até o próximo post...


NOSSA OPINIÃO: CASA DE SEGREDOS

em 16/04/2014
Título Original: House of secrets
Autores: Chhris Columbus e Ned Vizzini
Páginas: 350
Editora Galera Record - cortesia
Livro #1

Sinopse do skoob:
Brendan, Eleanor e Cordelia Walker um dia tiveram tudo: uma bela casa em São Francisco, pais adoráveis e todo o tipo de bugiganga eletrônica que podiam desejar. Mas tudo mudou depois que o pai perdeu o emprego em um misterioso incidente. A família está em dificuldades e precisa se mudar. À primeira vista, a mansão Kristoff parece perfeita. Mas a casa que pertencia ao misterioso escritor Denver Kristoff é cheia de segredos, e os três irmãos vão parar em um lugar selvagem que parece se misturar ao terreno da casa. Guerreiros medievais patrulham as florestas, piratas fantasmagóricos rondam os mares e uma rainha sedenta por poder governa aquelas terras. À medida que desvendam o mistério, Bren, Délia e Eleanor vão descobrir o verdadeiro significado de lar e perceber que não apenas sua família — está mais para a humanidade — que está correndo perigo.

Opinião da Line: 
Tenho que confessar que quando comecei essa leitura estava com um pé atrás, não estava na vibe de ler uma fantasia, porém não tive como não penetrar nesse mundo fantasioso, fui arrebatada pelos irmãos Walker, Chris e Ned construiu personagens incríveis; os irmãos Cordélia, Eleanor e Brendam cada um tem suas próprias características e que com o decorrer da história elas vão ficando cada vez mais nítidas, os outros personagens todos bem escritos Will, Penélope e até a vilã a bruxa do vento os autores fizeram um ótimo trabalho.
O livro é escrito em terceira pessoa algumas partes achei super descritivas, porém isso não fez perder o encanto, o livro é um livro juvenil mas tenho certeza que os adultos ficarão encantados com essa bela fantasia assim como eu, não posso deixar de falar da capa foi impossível não comparar com os livros do tio Rick, afinal o pano de fundo é bem parecido, ação, magia, segredos, e romance, mas os autores tem suas próprias linguagens e consegue conduzir a história de uma forma surpreendente. 
Gostei do desfecho apesar de ser uma duologia não ficou quase nenhuma ponta solta, porém algo no final deixou com vontade de ler logo a continuação.
Classificação: 4/5

Opinião da Brubs:
Logo quando recebi o livro, fiquei super ansiosa para ler e logo iniciei a leitura, a capa a sinopse, me chamavam a atenção e lógico por puxado pro tema fantasia/aventura que é uma tema que eu gosto muito, então imaginei que seria um livro bom e foi, porém, com seus lados negativos.
O livro é bem escrito, os personagens bem estruturados, história fantástica super criativa, que me fez senti na história. Realmente é um livro juvenil que serve para todas as idades.Parabéns aos autores e a editora pela simples, porém bela.
Maaaas sinceridade é a cara do blog e devo confessar que... Apesar de ter gostado da história, os autores por alguma vezes se perderam, muitas coisas escritas para mim, foram desnecessárias e ao chegar perto do fim, me pareceu que os autores enrolaram na história, eles podiam ter ido por um caminho reto e resolveram fazer várias curvas, mas no fim eu gostei do resultado, como já disse, é um livro bom, não nos deixa nenhuma ponta solta e com final que nos deixa curiosos pra a sequência.
Classificação: 3/5



Parceria: Editora Única e Gente

em 14/04/2014
É com muita alegria que venho anunciar que o blog é parceiro das Editoras Única e Gente \ooooo/
Quero agradecer a confiança com o blog e que seja uma parceira regada de coisas boas :)

A Editora Gente tem como maior objetivo contribuir com o desenvolvimento humano, por isso dedica-se a publicações nas áreas de autoajuda, educação e gestão. Estamos no mercado desde 1984 e temos o orgulho de ocupar um espaço destacado no mercado editorial brasileiro.



A Única Editora trabalha nosso selo de ficção, e entra no mercado editorial brasileiro com a missão de provocar experiências. Queremos apresentar histórias para serem vividas pelo leitor, e apresentar personagens – reais ou não – que oferecem mais do que suas próprias vidas, que oferecem suas essências.

Editoras nas redes socias:
Editora Gente

Editora Única





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...